Pesquisa

TV Azinhaga

Seguidores

Visitas

PageRank

Siga-nos por email

Digite seu endereço de e-mail:

Blog Archive

Sites Amigos

3 de julho de 2016

Diário de um louco em palco na Azinhaga

O encenador da Casa da Comédia de Azinhaga, João Coutinho, vai subir a palco no dia 8 de julho, às 21h30, para apresentar nesta aldeia do concelho da Golegã a sua mais recente aventura artística, que realizou três sessões no Teatro de Bolso da Chamusca.

Depois de cerca de 30 anos sem vestir a pele de ator, João Coutinho arrisca tudo em palco com um texto de Nicolau Gogol, sob a vida desesperada da alma Russa no Séc. XIX e que mantém hoje uma atualidade bem viva nos caminhos entre a realidade e a loucura.

Os bilhetes para este espetáculo estão disponíveis na Junta de Freguesia de Azinhaga.

8 de junho de 2016

Toma Lá Revista, Última Sessão da 1ª Temporada dia 10 de Junho!

Depois de 10 sessões esgotadas, a ultima representação da I temporada.
A nossa CASA vai apresentar dia 10 de Junho às 21H a 11ª sessão da Revista, encerrando assim a I temporada (dado o período de verão) e regressando em Setembro, com novidades. Não perca assim a oportunidade de estar presente nesta Festa Teatral que faz da Azinhaga uma Aldeia de Cultura. os bilhetes estão dísponiveis na Junta de Freguesia. Contamos consigo.

13 de maio de 2016

Risco de cheias aumenta nas próximas horas

O Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Santarém informou hoje, em comunicado, que o risco de cheia vai aumentar nas próximas horas em zonas de Constância, Vila Nova da Barquinha, Santarém e Golegã. 

Segundo o comunicado, emitido às 22:00, "verificou-se um aumento dos caudais dos afluentes das barragens, principalmente da barragem do Fretel", devido às descargas das barragens espanholas, com os caudais do Almourol a manterem-se elevados. 

"O risco de cheia aumentará por isso nas próximas horas, com principal impacto nas zonas ribeirinhas, com particular destaque para os campos a sul do descarregador do Dique D'El Rei no concelho da Golegã", refere o CDOS.
12 de maio de 2016

Mantém-se elevada a probabilidade de cheias

Apesar da chuva ter diminuído de intensidade nas últimas horas, a meteorologia e a proteção civil continuam atentas à precipitação e, sobretudo, ao caudal debitados pelas barragens que afetam a bacia do Tejo, em Portugal e Espanha, mantendo o alerta para a possibilidade de cheias.

Em termos meteorológicos, o distrito de Santaréme mais 12 - Aveiro, Guarda, Viseu, Coimbra, Castelo Branco, Portalegre, Leiria, Lisboa, Setúbal, Évora, Beja e Faro estão sob ‘Aviso Amarelo’ até às 18h00 desta quinta-feira, 12 de maio, devido à previsão de períodos de chuva ou aguaceiros, por vezes fortes, de granizo e acompanhados de trovoada.

Já em termos de caudais do rio Tejo, o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Santarém informou ás 10h00, que "decorrente da precipitação que se tem sentido em Portugal e também em Espanha, as barragens apresentam valores de armazenamento muito elevados, situação que gerou um aumento dos níveis hidrométricos e caudais do rio Tejo. Mantendo-se a situação atual, prevê-se que os caudais lançados no Rio Tejo possam atingir os 2000m3/s em Almourol, ao longo do dia de hoje".

O CDOS de Santarém refere ainda que "às 20h45h de ontem, o rio galgou as suas margens, na zona do Patacão/Alpiarça, inundando alguns campos agrícolas e na zona da Quinta do Paúl, com os efeitos idênticos – Inundação dos terrenos junto à quinta".

Além deste cenário, há registo do corte dos caminhos municipais 1, 7 e 30, na zona da Brôa (Azinhaga, Golegã) e do Paul do Boquilobo (Riachos, Torres Noavs).

"É espectável nas próximas horas, uma manutenção dos caudais do rio Tejo, mantendo-se assim a elevada probabilidade de cheia", completa o CDOS.

Neste sentido aconselha-se a retirada, das zonas confinantes, normalmente inundáveis, de equipamentos agrícolas, industriais, viaturas e outros bens; a retirada de animais para locais seguros, retirando os rebanhos que se encontram nas zonas que serão provavelmente inundáveis; e o não atravessamento com viaturas ou a pé estradas ou zonas alagadas.

9 de maio de 2016

Proteção Civil alerta para cheias em Santarém

A chuva dos últimos dias, e que continuará a cair nas próximas horas, deverá inundar várias estradas e terrenos agrícolas nas zonas mais sensíveis do distrito de Santarém.

Segundo o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Santarém, o agravamento súbito e significativo dos caudais libertados pelas barragens espanholas deverá provocar o galgamento de margens e cheias na bacia do Tejo.

A previsão aponta para a saída do rio na margem direita, com submersão de zonas ribeirinhas na Golegã, no cais de Tancos (em Vila Nova da Barquinha), na zona baixa de Constância e em Reguengo do Alviela (Santarém).

A Proteção Civil alerta as populações para adotarem medidas de proteção, tais como retirar normalmente inundáveis equipamentos agrícolas, industriais, viaturas e outros bens, recolher os animais para locais seguros e não atravessar com viaturas ou a pé estradas ou zonas alagadas.

Citado pela agência Lusa, o Comandante Distrital de Operações de Socorro de Santarém, Mário Silvestre, pede ainda à população "que se mantenha informada através dos órgãos de comunicação social ou dos agentes de proteção civil, desenvolvendo as ações necessárias para a sua proteção, da sua família e dos seus bens".

Os Bombeiros Municipais de Santarém lançaram entretanto um aviso, referindo que na madrugada de terça-feira é previsível a submersão da Estrada Nacional 365 em Palhais, entre a ribeira de Santarém e Alcanhões e entre a ponte do Alviela e o Pombalinho, isolando a povoação de Reguengo do Alviela. Prevê-se ainda a submersão do Caminho Municipal 1348, entre a ribeira de Santarém e Vale Figueira.

Fonte Rede Regional
1 de maio de 2016

Inaugurada obra de requalificação das margens do Rio Almonda em Azinhaga

Estava ainda previsto um açude mas não foi possível devido à falta de recursos financeiros.

Foi inaugurada na tarde deste sábado, 30 de Abril, a obra de requalificação das margens do Rio Almonda, na Azinhaga, concelho da Golegã. O presidente da Câmara da Golegã, Rui Medinas, referiu que esta obra "está na Azinhaga mas é muito importante para o concelho". Estava ainda previsto um açude mas não foi possível devido à falta de recursos financeiros. O autarca garantiu que vai tentar através de fundos comunitários realizar essa obra.

Já o secretário de Estado das Infraestruturas, Guilherme Martins, disse que esta obra "significa uma acertada aposta do concelho da Golegã na promoção do lazer e na dinamização do turismo". A população assistiu ainda, durante a inauguração, às actuações do Associação Cultural Cantar Nosso, do Rancho Campinos da Azinhaga, Sociedade Filarmónica Recreio Musical Azinhaguense 1° de Dezembro e apontamentos de fado.



15 de abril de 2016

Eventos de Um Dia Pela Vida

Um Dia Pela Vida inclui prevenção, comunidade, angariação de fundos e muito divertimento onde as actividades lúdicas como a música, os jogos, as festas e espectáculos decorrem numa alegre e cumplice amizade.

Todos os grupos e Comunidades podem participar. Grupos Profissionais, amigos, familia, colectividades, partilham do mesmo objectivo, não só apoiar o doente oncológico e sua familia como ainda angariar verbas que possam apoiar a nobre missão da liga Portuguesa Contra o Cancro, nesta batalha à qual nenhum de nós quer virar a cara.

Mesmo os que um dia foram vencidos pelo Cancro serão sempre lembrados, sendo os actuais portadores de cancro apoiados incondicionalmente, pois um dia vamos vencer o Cancro.

Descrição da empresa
Um Dia Pela Vida que em Portugal pela mão da Liga Portuguesa Contra o Cancro teve a sua primeira acção em 5 de Março de 2005 em Coruche, tendo já passado por 55 comunidades de norte a sul de Portugal incluindo as Regiões autónomas da Madeira e dos Açores. E AGORA CHEGA à Golgã!!

Este projecto nasceu à mais de 20 anos pela mão da American Cancer Society com o nome de Relay for Life, estando presente em mais de 26 países, nos cinco continentes, contando com mais de 550 comunidades, assumindo-se como um importante projecto internacional na luta contra o cancro.

Fique a par de todos os eventos de angariação de fundos para Um Dia pela Vida, Liga Portuguesa Contra o Cancro. Faça parte deles! Ajude-nos a Ajudar! Visite a Pagina de Facebook Um Dia Pela Vida
30 de março de 2016

Recolha de sangue na Azinhaga

A Associação de Dadores de Sangue de Torres Novas vai realizar uma recolha de sangue na sede da Junta de Freguesia de Azinhaga do Ribatejo, no concelho da Golegã, no próximo sábado, dia 2 de abril, entre as 9 e as 13 horas.


Durante esta recolha, que será efetuada por uma brigada do Centro do Sangue e da Transplantação de Lisboa os voluntários poderão também efetuar a sua inscrição como potenciais dadores doações de medula óssea.
28 de fevereiro de 2016

"Toma Lá Revista" enche Azinhaga de Gargalhadas




Estreou ontem em Azinhaga o espetáculo Toma Lá Revista, a Casa da Comédia de Azinhaga volta assim aos seus grandes existos reencenando com muito humor alguns dos grandes momentos da história do teatro fazendo desta bela aldeia ribatejana um espaço cultural de referência.

Encenado por João Coutinho e apoiado pela Junta de Freguesia de Azinhaga esgotou a estreia a um mês do espetáculo e também já se encontram esgotados os próximos dias 4 e 5 de Março, havendo já marcada nova data para o dia 12 de Março.

A Casa informa ainda que todos os interessados em assistir ao espetáculo, poderão contatar a Junta de Freguesia de Azinhaga para reserva de bilhetes, dada a constante procura de públicos de toda a região.

30 de janeiro de 2016

Morreu o Maioral João Gaitas

Morreu hoje o Maioral João Florindo da Costa, mais conhecido por João Gaitas com 89 anos, e com ele o início de um fecho de um ciclo que se encerrará, quando o último dos Campinos Azinhaguenses da Sua geração, partir! Morreu um dos Homens do Ribatejo, que envergou com dignidade o calção azul, o colete encarnado e o branco rendado das suas meias. Morreu um dos integrantes da figura romântica da nossa ruralidade concelhia, de um passado recente. 

Com ele se foi, um grande pedaço do culto da tradição, que soube e teimou fazer sobreviver na modernidade e no progresso!! Morreu quem contribuiu para o sedimento de uma cultura, a nossa, e concorreu para elevar a sua identidade! Foi-se um dos expoentes do arquétipo do devoto à sua causa, da dignidade no trabalho, do respeito, da honra e da bravura. 

O Campo e o Espargal quando hoje escurecer e se embrenharem nas suas memórias, por saberem porque a torre sineira da Azinhaga tocou a finados, recordarão aquele que foi guardião dos nossos hábitos e costumes. Lembrar-se-ão de João Gaitas, que só eles o ouviam quando ele só com a sua montada, entre a Brôa e Miranda, ambos conversavam. Porque a tinha desmamado, desbastado, enfreado e cavalgado. A ela e a outras tantas. E decerto lá ia com ela ralhando, como de pai para filho, de igual modo, "acariciando-a", quando o compreendia e cumpria!

Não só o Campo da Azinhaga ou as árvores, os arbustos e os cómodos aqui da Golegã, em nossa casa, aquando em tempo de cobrição, apartava as éguas, e, aqui ao cavalo, as trazia. Também os Salgados, no Campo de Vila Franca, dele se lembrarão, quando a Éguada conduzia, apoiado pelo seu moço, do Mouchão, à Chamusca, com ela de madrugada saía até lá, pois, melhor pasto urgia. Há já algum tempo, que o Sol forte não o queimava, que o vento agreste não o assediava e que a chuva não o molhava, como em tempos duros da dura faina em que labutava.

Com João Gaitas irá algo de nós. O que nos emprestou. O seu apoio, o conselho, o conforto, o carinho, a estima e a consideração, desde da criança que éramos ao adulto que fomos. Tudo foi mútuo, tudo foi recíproco.

No ano 2000, solicitámos, na nossa qualidade de Presidente da Câmara Municipal, ao então Presidente da República que o honrasse, ao distingui-Lo, em plena Feira Nacional do Cavalo. Mais que um louvor de mérito, a gratidão!! Ao exaltá-lo, foi a elevação do Campino, que a Golegã, nunca havia lembrado!

Agora que parte, aqui fica na nossa memória, aqui fica como referência, para muitos e para aqueles que na família, sobretudo os que partilham da que foi a Sua paixão. Que Lhe façam jus, a nós resta-nos acompanhá-los na Vossa perda e dor. Bem Haja pelo que foi! Que descanse em paz!!

O Funeral Realiza-se amanhã dia 31 de Janeiro pelas 9h15.

Texto de Dr. José Veiga Maltez publicado na sua pagina pessoal de Facebook.
6 de janeiro de 2016

"Toma La!... Revista" Novo espetáculo da Casa da Comédia de Azinhaga

Com o espetáculo Viver Saramago arrumado por agora, a associação artística Casa da Comédia de Azinhaga começou os ensaios de Toma lá... Revista. O novo espetáculo promete reencenar com muito humor alguns dos grandes momentos da história do teatro. A estreia está prevista para o último sábado de Fevereiro e serão representadas pelo menos cinco sessões deste espetáculo encenado por João Coutinho.

Os bilhetes vão estar à venda a partir do próximo dia 11 de Janeiro, em 2016 a nossa Azinhaga vai estar em todos os percursos culturais. "Porque a estreia no dia 27 de Fevereiro vai ser um acontecimento que você não quer perder, porque trabalhamos para si. Porque a nossa parceria com a população e a sua Junta de Freguesia é uma realidade de afetos, os bilhetes para a estreia vão estar já à venda na junta de Freguesia de Azinhaga no dia 11 de Janeiro...é muito cedo! Não! Porque o espetáculo já começou nos ensaios e demonstramos que o caminho é para se fazer andando. Depois não diga que não avisámos!"
 

Visite a página Facebook da Casa da Comédia de Azinhaga e fique a par de todos os acontececimentos.

Notícia: Jornal O Riachense