Pesquisa

TV Azinhaga

Seguidores

Visitas

PageRank

Siga-nos por email

Digite seu endereço de e-mail:

Blog Archive

Sites Amigos

24 de março de 2011

O Porto do Cação

Talvez, o facto mais importante para o estabelecimento da Azinhaga como ela é hoje tenha sido, no final da Guerra Civil entre D. Miguel e D. Pedro, este último, tenha decidido que as terras do Infantado seriam divididas pelo povo, que por ele se batera rijamente. Foi criada assim, com o beneplácito régio, uma empresa a que foi dado nome de "Companhia das Lezírias do Tejo e Sado". O resultado foi que nunca o povo recebeu uma parcela das suas terras nem um avo dos seus lucros. Na sequência do 25 de Abril foi decidido venderem-se aos seareiros as "Praias", na proporção das terras arrendadas.

Tende pertencido desde sempre, aos "termos de Santarém" e, depois, ao seu concelho, desanexada dele, a rica e próspera freguesia de Azinhaga foi incluída no novo Concelho da Golegã por decreto de 21 de Novembro de 1895.

____________________________________________
In "Azinhaga - Livro de Horas", de Augusto do Souto Barreiros.

0 comentários:

Enviar um comentário