Pesquisa

TV Azinhaga

Seguidores

Visitas

PageRank

Siga-nos por email

Digite seu endereço de e-mail:

Blog Archive

Sites Amigos

18 de dezembro de 2011

Rancho Folclórico de Azinhaga, 1938

(Fotografia como consta a original)
 
Deste agrupamento em 1938, nasceu a ideia de se formar um Rancho Folclórico em Azinhaga do Ribatejo. Nesta foto, segundo a informação do seu proprietário, alguns dos participantes neste grupo são: Generosa, Francisco Castelo, José Almirante, Fanha, Otelinda Nunes, João Pinheiro, Violante Nunes dos Reis, Adelina, Maria Luisa, Natália Fernandes, Maria Borges, Brista, José Fanha ( Dançava o Fandango) e Manuel Melão. Músicos: Fernando (Tocava Armónio), José Gonçalves, Ludjero, José dos Reis e Framncisco Simões.
Veja mais artigos acerca do rancho Clique Aqui! 
______________________________
Colaboração Fotográfica - Carlos Lopes
1 de dezembro de 2011

"ENCONTRO" - Com José Saramago, 1996

No ano letivo de 1995/96 a turma do 6° B da Escola C+S da Golegã (hoje Escola Mestre Martins Correia) escolheu como tema da Área-Escola "Factos e Personalidades do Concelho da Golegã". Fizeram, então, uma lista das pessoas que marcavam na altura, por razões diversas, a vida do concelho. De entre as personalidades, era forçoso começar pela pessoa que mais projecção internacional tinha na altura no mundo das letras, a cuja obra, reconhecida cá e no estrangeiro, tinham sido atribuídos diversos e significativos prémios: o escritor José Saramago, natural da Azinhaga. Depois de conversarem um pouco sobre a sua obra e de lerem passagens de alguns livros nas aulas de Português, a Filipa, a Mariana e o Pedro Miguel pensaram nalgumas perguntas que gostariam de fazer a José Saramago, e escreveram-lhe. Foi com grande alegria que viram chegar a resposta na volta do correio. Sabendo do muito fazer e viajar do escritor, apreciaram duplamente esta pronta resposta (não teremos qualquer coisa a aprender com este gesto?...).
São estas cartas (publicadas no jornal de escola ENCONTRO – Edição de Março de 1996) que a seguir se transcrevem:
________________________________________________________________________
Carta dos alunos a José Saramago
 
Caro José Saramago
 
Nós somos três alunos do 6° B: a Mariana a Filipa e o Pedro Miguel, da Escola C+S da Golegã. Nós, a Mariana e a Filipa somos da Golegã, e eu, o Pedro Miguel, sou da Azinhaga. Escolhemos como tema da Área-Escola - "Factos e Personalidades do Concelho da Golegã" e como o senhor nasceu na Azinhaga e é mundialmente conhecido, achamos interessante estudar a sua pessoa. O senhor é a personalidade mais famosa do concelho. Numa das aulas de Português a nossa professora leu-nos um excerto de um dos "Cadernos de Lanzarote" e ficamos a saber donde vem afinal o nome de Saramago!... Do livro "Viagem a Portugal" também leu a passagem que se refere ao nosso concelho. Eu, Pedro Miguel, conheço vários sítios de que fala no seu livro.

Gostávamos que nos respondesse a estas perguntas que enviamos...e desde já obrigada!...
                                                                                                           
                                                                                               Um grande abraço de nós três."
30 de novembro de 2011

Dia 7, Espetáculo «Azinhaga, Rio da Lezíria»

Dia 7 de dezembro às 21h30, «Azinhaga, Rio da Lezíria» está de novo o espetáculo criado a convite da Santa Casa da Misericordia e que foi aplaudido na estreia. Agora aberto a toda a população, com bilhetes à venda na Junta de Freguesia de Azinhaga. Não perca este grande espetáculo sobre o sentir do povo da Azinhaga. As nossa memórias num espetáculo inesquecível, com encenação de João Coutinho.
26 de novembro de 2011

«Azinhaga, Rio da Lezíria»




O espetáculo «Azinhaga, Rio da Lezíria», sala completamente esgotada para homenagear a Santa Casa da Misericórdia de Azinhaga dos seus 25 anos de Reactivação.  A CTR envolvida na montagem de quadros diversos sobre a Aldeia mais Ribatejana e tudo o que envolve esta mítica região. A poesia está na alma de cada ator num espetáculo diferente, porque revisita memórias de cenas já arquivadas em memórias de outros espetáculos.

Veja mais imagens, Clique Aqui!
23 de novembro de 2011

Peixes mortos na Azinhaga devido a avaria na ETAR de Riachos

Mais uma descarga poluidora no rio Almonda que provocou nova mortandade de peixes, sobretudo na Azinhaga. Segundo o relatório do Núcleo de Protecção Ambiental (SEPNA) da GNR de Torres Novas, que fez o levantamento da ocorrência, a poluição teve origem na ETAR de Riachos. O documento diz mesmo que no dia 24 de Outubro, a Águas do Ribatejo informou a GNR que se tratava de uma avaria electromecânica, prometendo ser breve na resolução do problema. Até lá, a ETAR despejou directamente para a Vala das Cordas sem qualquer tratamento. O relatório da Guarda foi enviado para a ARH Tejo, Câmaras de Torres Novas e Golegã, Águas do Ribatejo e juntas de freguesia de Golegã, Azinhaga e Riachos. Foi também feita uma denúncia para a Inspecção Geral do Ambiente e Ordenamento do Território.

29 de outubro de 2011

José Saramago, Carta para Josefa minha Avó

José Saramago
(Portugal, 1922)

Carta para Josefa minha avó

Tens noventa anos. És velha, dolorida. Dizes-me que foste, a mais bela rapariga do teu tempo – e eu acredito. Não sabes ler. Tens as mãos grossas, deformadas, os pés encortiçados.
Carregaste à cabeça toneladas de restolho e lenha, albufeiras de água.
Viste nascer o sol todos os dias. De todo o pão que amassaste se faria um banquete universal. Criaste pessoas e gado, meteste os bácoros na tua própria cama quando o frio começava a gelá-los. Contaste-me histórias de aparições e lobisomens, velhas questões de família, um crime de morte. Trave da tua cama, lume da tua lareira, - sete vezes engravidaste, sete vezes deste à luz.
Não sabes nada do mundo. Não entendes de política, nem de economia, nem de filosofia, nem de religião.
28 de outubro de 2011

Brevemente Espetáculo «Azinhaga, Rio da Lezíria»

A Casa da Comédia de Azinhaga faz uma viagem teatral por memórias e tradições da Azinhaga, com um fado em cada rua, em cada viela, fazendo do rio e da lezíria, As Cheias da Nossa Tradição.
Este espetáculo vai ser apresentado no dia 25 de Novembro numa iniciativa da Santa Casa da Misericórdia de Azinhaga e para o qual há inscrições limitadas que são da responsabilidade da Santa Casa. No entanto e tendo em conta que este é um espetáculo de memórias que irá concerteza emocionar os Azinhaguenses, a Casa da Comédia irá acertar com a Santa Casa no sentido de prolongar as representações deste «Azinhaga, Rio da Lezíria».
Mais um grande espetáculo com encenação de João Coutinho e o excelente elenco da CCA.
26 de outubro de 2011

Inundação na Azinhaga e Pombalinho

O mau tempo que se fez sentir ao longo desta quarta-feira um pouco por toda a região causou algumas inundações na Azinhaga e no Pombalinho. O facto de ter chovido muito num curto espaço de tempo e a má limpeza dos escoamentos de água causou que as estradas ficassem inundadas junto ao Centro Escolar de Azinhaga, e no Pombalinho no cruzamento da R. 5 de Outubro com a R. de António Eugénio Menezes e com a R. Santo António. 



14 de outubro de 2011

Família Pombo medalhada no Campeonato do Mundo de Duatlo

Os quatro atletas do Núcleo Sportinguista da Golegã (NSCGolegã) convocados para representar Portugal no campeonato do mundo de duatlo tiveram uma estreia muito positiva, sobretudo a família Pombo, da Azinhaga.
Mariana Pombo, uma debutante na modalidade, competiu no escalão 16-19 anos, conseguindo impor-se a duas atletas sul-africanas vencendo por larga margem na sua categoria. Já seu avô, Fernando Pombo, competiu nos 60-64 anos, obtendo a medalha de bronze, entre 13 atletas. O veterano demonstrou que pode discutir lugares ainda mais cimeiros, dado esta ter sido apenas a sua estreia na modalidade, numa altura em que uma lesão chegou mesma a pôr em causa a sua participação na prova.
2 de outubro de 2011

Faleceu o Eng.º Manuel Sabino Duarte - Veca

Figura emblemática e carismática da Feira de S. Martinho na Golegã, faleceu hoje o cavaleiro Manuel Sabino Duarte «Veca». 
Manuel Sabino Duarte, filho de Manuel Gameiro Duarte e de Maria Albana Barreiros R Duarte, nasceu no Pombalinho em 09 de Junho de 1926. Cavaleiro profissional, tomou a alternativa em 1975 na cidade de Viseu, mas a sua grande paixão profissional foi a Coudelaria Nacional no Vale de Santarém onde se dedicou em importante desempenho técnico no apuramento das raças Lusitana e Sorraia. 
O Júri dos Troféus Nacionais da Revista Equitação decidiu, na passada Sexta-Feira, dia 30 de Setembro, atribuir-lhe o seu galardão máximo, o Troféu Carreira 2011.
O blogue «A Azinhaga» apresenta as mais sinceras condolências à família enlutada e curva-se perante a sua memória.
26 de setembro de 2011

Opereta «Campinos, Mulheres e Fado» na Azinhaga

A Opereta Campinos, Mulheres e Fado vai estar na Azinhaga no dia 2 de outubro 2011 pelas 16h. Depois de no último fim de semana entusiasmar a Aldeia de Semideiro num espetáculo a favor da montagem dum espetáculo pelo teatro do Semideiro. Um teatro para grandes públicos num divertimento com todas as cores do Ribatejo. Bilhetes à venda na Junta de Freguesia de Azinhaga ou reserva através de mensagem para o Facebook ou teatroribatejo@sapo.pt. Veja ou reveja a opereta com todas as cores do Ribatejo. Um espetáculo de grande diversão.
13 de setembro de 2011

O Regresso do "Cabaret"!

O espectáculo Cabaret criado pela Casa da Comédia de Azinhaga, com encenação de João Coutinho, está de regresso no dia 16 de Setembro pelas 21h30. Se ainda não viu não perca a oportunidade de bons momentos, num espectáculo de música, dança, cor e riso. Se já assistiu volte a divertir-se com novas cenas introduzidas em cada representação. 
O bilhete é de 5€ e terá incluído uma surpresa quando se sentar à sua mesa. 
Reserve já o seu bilhete na Junta de Freguesia de Azinhaga ou pelo 966857443.

12 de setembro de 2011

«José e Pilar» é o candidato português aos Óscares


Filme de Miguel Gonçalves Mendes candidata-se a Melhor Filme Estrangeiro

«José e Pilar», de Miguel Gonçalves Mendes, é o candidato português aos Óscares de Hollywood para a categoria de Melhor Filme Estrangeiro.

A notícia foi veiculada pela agência Lusa, após comunicação do Instituto do Cinema e do

Co-produzido pelos realizadores brasileiro Fernando Meirelles e espanhol Pedro Almodóvar, que são membros da Academia Americana de Artes e Ciências Cinematográficas, «José e Pilar» é um documentário sobre a vida em comum do escritor e Nobel português da Literatura, José Saramago, e da sua companheira de décadas, a jornalista e tradutora luso-espanhola Pilar del Río.

O filme foi o escolhido para representar Portugal na corrida à nomeação para Melhor Filme Estrangeiro, «por uma comissão composta por representantes de associações do sector, previamente submetida à aprovação da Academia Americana de Artes e Ciências Cinematográficas», refere o ICA no comunicado.
11 de setembro de 2011

Hoje Fazemos Três Anos!

Hoje fazemos três anos, cheios de dedicação em lhe dar a conhecer a Aldeia de Azinhaga que pode ser pequena, mas é muito grande em história. Ainda temos muito por descobrir, e nos próximos anos não iremos parar. Vamos continuar, com muitas novidades, muitas histórias ainda por descobrir, iremos continuar a falar da actualidade e dos tempos já passados. Nestes três anos já tivemos mais de trinta mil visitas, e queremos continuar a divulgar mais o nosso blogue. Agradecemos a todos, porque sem si não seria possível a existência do Blogue A Azinhaga. 
7 de setembro de 2011

Grupo Desportivo Casa do Povo de Azinhaga, anos 60

Nos anos 60, a segunda leva das grandes equipas da Azinhaga, orientada por João Jorge que tinha como jogadores, em pé da esquerda para a direita: João Pinheiro, Carlos Lopes, Artur Carvalhal, João Jorge, António Catarino (Galgalheiro), Manuel Zé Marques e José dos Reis. No 1º plano (agachados): Joaquim Lisboa (mudo) massagista, António Marques, António Joaquim Feijão, Manuel José Pernes, Xico Manel, Diamantino (chapa). As camisas eram bordadas com o barrete pela Maria Adelaide (do Ludjero). 
____________________________________
Colaboração Carlos Lopes e Fernando Pombo.
4 de setembro de 2011

Fraca adesão popular na limpeza das lagoas


Movimento não desiste e vai continuar...
Aos poucos, os jacintos vão sendo irradiados das lagoas da Azinhaga na sequência do movimento SOS alvercas criado por Dinis Nunes e Rui Maltez nas redes sociais. Desde 16 de Julho que já foram retiradas centenas de toneladas deste infestante com o apoio de populares e da logística da Câmara da Golegã e da junta de freguesia da Azinhaga.
No passado sábado, fomos ver o andamento dos trabalhos. Para já, Dinis Nunes faz um balanço positivo, considerando que já se consegue ver mais água do que jacintos. “Mais dois sábados e a alverca fica limpa, apesar de termos que desbravar acessos nas marachas para a máquina retirar os jacintos”, conta.
A seguir, irá limpar-se a lagoa adjacente, mais a sul, onde no passado sábado, já andaram algumas pessoas a título individual. Depois, a terceira lagoa será um objectivo mais doloroso, dada a sua extensão. No futuro, a manutenção das lagoas ficará a cargo da Associação de Caça e Pesca da Azinhaga para evitar novas pragas.
18 de agosto de 2011

Movimento SOS Alvercas da Azinhaga



No mês de Julho 2011 alguns moradores de Azinhaga declararam guerra aos jacintos que poluem as alvercas de Azinhaga, tendo sido retirados já mais de 100 toneladas. Durante o mês de Agosto irão continuar as remoções dos jacintos-de-água, ficando já no próximo sábado, 20 - 8 - 2011 pelas 8h, a remoção total na Alverca da Quinta d´el Rei. Ajude a contribuir para a limpeza das Alvercas, para que possam voltar a olhar para elas com o orgulho de outros tempos. O nosso bairrismo é maior que todos aqueles Jacintos que neste momento poluem a água das nossas alvercas. Contamos com todas as pessoas que gostam desta terra!

Imagem retirada do Evento Movimento SOS Alvercas da Azinhaga no Facebook
17 de agosto de 2011

Petição José e Pilar aos Óscares


Pretende a presente petição sensibilizar o Instituto do Cinema e Audiovisual (ICA) para a escolha do documentário “José e Pilar” como candidato português à categoria de Melhor Filme Estrangeiro, na edição dos Óscares de 2012. Este é um movimento independente, de fãs e admiradores do filme, que têm particular confiança e respeito pelo seu potencial, que se sente verdadeiramente comovido pela sua imensa força emocional, humanista, motivadora. É uma iniciativa que tomamos por todo o impacto que o filme teve nas reacções do público, nos festivais, na crítica e nos meios de comunicação social e pela universalidade da sua história e personagens – todos eles pontos estratégicos de avaliação por parte da Academia. E o que dizer do prestígio das co-produtoras que estiveram envolvidas no filme, a El Deseo do oscarizado Pedro Almodóvar e a O2, do nomeado para Óscar, Fernando Meirelles e cujo mediatismo poderia ter influência a nível da Academia? 
  Para Fazer parte da Petição José e Pilar aos Óscares de 2012, Clique Aqui, ou siga o link  http://www.peticaopublica.com/PeticaoVer.aspx?pi=P2011N11961
11 de julho de 2011

Um Garnize Invulgar!

Hoje estreamos um novo tópico aqui no blogue um tópico com noticias invulgares que se chama Acredite se Quiser e estará disponível junto dos outros separadores.

Um morador de Azinhaga do Ritabejo criou um Garnize (Cócó), que foi gerado por uma Pomba onde depois de ter nascido seus donos guardaram-no junto a eles dentro de uma gaiola dentro de casa. Por ser de tão rara ave, "nunca vi um animal assim, é uma ave especial, trata-se de um Garnize que nós estamos a tratar com muito carinho..." disse Dulce quando seu marido, andava a demostrar-nos como ele corria atrás dele e colocando-o ao ombro, "parece um papagaio" disse-nos com um sorriso nos lábios de contentamento de ter uma ave assim. "Esta ave deve de ser única, ela tem apenas 2 meses e corre, trepa para cima do ombro do dono entre outras habilidades que só faz com o dono", disse Dulce, admirada com as habilidades da ave.

Caso tenho noticias invulgares envie-nos clicando no separador Contacto.
23 de junho de 2011

Campinos Mulheres e Fado!

A Opereta Campinos, Mulheres e Fado, de Amadeu do Vale e que a Companhia de Teatro do Ribatejo transformou num divertido espectáculo, vai ser apresentado no centro comunitário da Misericórdia de Azinhaga, no dia 25 de Junho às 21H30. mais uma oportunidade de rever este espectáculo agora com uma nova versão mais trabalhada e apetecível aos grandes públicos.

18 de junho de 2011

Recordamos José Saramago

Um Ano Após a morte de José Saramago, depositadas cinzas em Lisboa junto a uma oliveira de Azinhaga.



Recordamos, novamente José Saramago com o seu Discurso perante a Real Academia Sueca, quando recebeu o prémio Nobel da Literatura Portuguesa.


Também poderá ver a entrevista de ontem feita a Pilar Del Rio no TVI24 Clique Aqui!

Para ver em maior clique na imagem abaixo
13 de junho de 2011

Cinzas de Saramago depositadas dia 18

Várias iniciativas para lembrar o escritor que morreu há um ano.

As cinzas do escritor português José Saramago serão depositadas no dia 18, às 11h00, junto à Casa dos Bicos, em Lisboa, precisamente um ano depois da morte do Nobel da Literatura, anunciou a Fundação Saramago, citada pela Lusa.

A cerimónia contará com a intervenção de Jorge Vaz e Carvalho, que lerá «Palavras para uma cidade», da escritora Lídia Jorge e do grupo de percussão Tocá Rufar.

Um ano após a morte de José Saramago, as cinzas serão depositadas no Campo das Cebolas junto a uma oliveira de Azinhaga do Ribatejo (onde o autor nasceu), a um banco de jardim e a uma placa com a frase «Mas não subiu para as estrelas, se à terra pertencia», retirada do romance «Memorial do Convento».

Além desta cerimónia, que será encerrada pelo presidente da câmara de Lisboa, António Costa, em Portugal e Espanha estão previstas outras iniciativas que recordarão José Saramago.

No dia 17 serão apresentados nos Paços do Concelho de Lisboa os livros «Palavras para José Saramago», «O silêncio da Água», do escritor, e ainda «A última entrevista de José Saramago», de José Rodrigues dos Santos.
3 de junho de 2011

Preço dos cereais torna aposta no milho «interessante»

Como Portugal é altamente deficitário em cereais e «só consegue produzir para três, quatro meses», o que se produz fica em território nacional.

Nos campos da Azinhaga e Golegã e pelo vale do Tejo as searas de milho dominam a paisagem, um cereal que tem escoamento garantido e a um preço cada vez mais «interessante» para os produtores.

«Ultimamente tem havido alguma expectativa neste sector. Passados muitos anos de preços muito baixos, felizmente agora, com alguma falta de cereais (nos mercados mundiais), os preços voltaram a ser interessantes» e esta região «tem muito boas capacidades de produção».
Com um gigante pivô de rega sobressaindo do vasto campo verde mesmo à porta da quinta da família onde tem o seu escritório, João Coimbra é um exemplo da agricultura empresarial que se pratica em Portugal.
23 de maio de 2011

Noite de Fados Solidária

Noite de Fados Solidária. Azinhaga 27 de Maio 2011 pelas 22 Horas na Soc. Filarmónica Azinhaguense 1º Dezembro. Com apresentação de Raul Caldeira. Fadistas: Casimira Alves, Isabel Rosa, Silvina de Sá, João Chora, José Augusto, Dora Maria, Clarisse Nunes, João Guiomar, Emílio Serra, Manuel João Ferreira.
Na Viola João Chora. Guitarra Bruno Mira.
O Preço é de 8€ (causas) para Angariação de fundos a favor da Liga Portuguesa contra o Cancro. Reservas na Junta de Freguesia de Azinhaga.